Notícias

Prefeitura de Campo Mourão gastou R$ 52 mil com diárias em 2018

Prefeitura de C. Mourão gastou

R$ 52 mil com diárias em 2018


O prefeito Tauillo Tezelli e os secretários municipais de Campo Mourão gastaram R$ 52.586,00 em diárias para viagens a Curitiba, Brasí­lia e outras cidades ao longo de 2018. No final do ano passado, a entidade divulgou um levantamento dos gastos dos vereadores mourãoenses com diárias, passagens e inscrições nos primeiros oito meses do ano passado, que somaram R$ 123.200,00.

   De acordo com o portal do Tribunal de Contas do Paraná, o prefeito e os secretários municipais receberam diárias para 56 deslocamentos para outros centros. Em média, 4,6 deslocamentos por mês. A maior parte das viagens foi para Curitiba: 46. No total foram liberadas e pagas 92 diárias, com valor médio de R$ 32.015,00. Os registros do TC apontam ainda viagens para Brasí­lia, Belo Horizonte, São Paulo, Maringá e Florianópolis.

   Além do prefeito Tauillo Tezelli, receberam diárias para viagens os secretários Carlos Alberto Facco (do Desenvolvimento Econômico), Aldecir Roberto da Silva (da Fazenda e Administração), Rosemeire do Carmo Martelo Cruz (da Saúde), Fabricia Juliana de Araújo Bronzel (da Ação Social), Franco Freire Sanches (da Agricultura e Meio Ambiente) e Simone de Cássia Padilha (Planejamento), bem como o procurador geral do Municí­pio, Robervani Pierin do Prado.

   O valor da diária para o prefeito e vice-prefeito em viagens dentro do Paraná é de R$ 650,00 e para fora do estado é de R$ 800,00. Já para os secretários municipais é de R$ 572,00 (no Paraná) e de R$ 704,00 (fora do estado). Para deslocamentos intermunicipais no estado, a diária paga aos vereadores da cidade de Campo Mourão é de R$ 560,00, enquanto para fora do Paraná é o dobro do valor: R$ 1.120,00.

   O Portal da Transparência do Municí­pio aponta gastos do Poder Executivo no montante de R$ 52.586,00 em 2018. Já o TC/PR registra gastos de R$ 52.989,00

   Somando-se os gastos com diárias, despesas com o fornecimento de passagens (terrestres e aéreas) e o pagamento de taxas de inscrição em cursos e eventos, o dispêndio da Câmara de Vereadores entre janeiro de 2017 e agosto do ano passado totalizaram R$ 340.599,21.  

   O Observatório Social protocolou no Poder Legislativo, em dezembro último, documento que detalha o levantamento de gastos realizados e que pede a redução dessas despesas, maior transparência na prestação de contas e regulamentação na devolução de possí­veis sobras.

   Agora, a entidade aguarda uma manifestação oficial da Câmara de Vereadores.

   Na última sexta-feira ocorreu a regulamentação do pagamento de diárias para os agentes polí­ticos do Poder Executivo: Prefeito, vice-prefeito, secretários, Procurador Geral, Controlador Interno e os presidentes das fundações e o Superintendente da Previdência Social dos Servidores Municipais - Previscam.

   Fará jus ao recebimento de diárias para indenização das despesas com alimentação, hospedagem e locomoção urbana, os agentes polí­ticos municipais que, a serviço do Poder Executivo, se afastarem da sede em caráter eventual ou transitório para outro municí­pio do território nacional.

   O decreto estabelece que quem pega diária precisa apresentar relatório da viagem em, no máximo, 48 horas após o retorno

 


 

 Poder Executivo

Cargo

Dentro do Estado Paraná

Fora do Estado Paraná

Prefeito 

R$650,00

R$800,00

Vice-Prefeito          

R$650,00

R$800,00

Secretário 

R$572,00

R$704,00

 

Para viagens sem pernoite os valores serão reduzidos em 50% (cinquenta por cento) do valor da diária.

Poder Legislativo

Cargo

Dentro do Estado Paraná

Fora do Estado Paraná

Vereadores

R$560,00

R$1.120

Servidores          

R$460,00

R$920,00

 

Para viagens sem pernoite os valores serão reduzidos em 30% (cinquenta por cento) do valor da diária.


Prefeitura de Campo Mourão gastou R$ 52 mil com diárias em 2018